Adriano Galdino anuncia devolução ao Estado de todos os funcionários cedidos à Assembleia Legislativa

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Adriano Galdino (PSB), anunciou nesta quarta-feira (28) que vai devolver ao Estado todos os funcionários que estão cedidos ao Poder Legislativo. A medida atende a exigência do Ministério Público da Paraíba com base em decreto do Governo do Estado e tem como objetivo a contenção de despesas.

Adriano Galdino explicou que, caso a Assembleia pretenda permanecer com o funcionário estadual cedido, tem que arcar com o custo da remuneração.

“Estamos devolvendo todos os funcionários do Estado cedidos à Assembleia”, anunciou o presidente.

Ouça o áudio

O decreto estadual, que disciplina os atos de cessão e afastamentos de servidores, é de 17 de fevereiro de 2017. “Esse decreto estava tranquilo, só que o Ministério Público está pedindo cumprimento. Esse decreto diz que qualquer funcionário que for cedido pelo Estado para a Assembleia quem tem que pagar os custos totais é a Assembleia. Desde 2017 que é assim, só que não estava sendo obedecido esse decreto. Agora, o Governo do Estado, por pressão do Ministério Público, está nos solicitando a devolução de todos os funcionários”, disse Adriano Galdino, esclarecendo que a Assembleia não tem condições financeiras de manter os servidores na Casa.

Ele ainda informou os deputados que, caso queiram manter alguém, será na cota dos seus gabinetes.

Site Footer

Sliding Sidebar