APRENDIZ DE VEREADOR: Estagiários avaliam experiência na CMJP

Os universitários da segunda turma deste semestre do projeto Aprendiz de Vereador participaram de um encontro, na manhã desta quarta-feira (4), para avaliar as atividades do estágio-visita não remunerado, realizado pela Escola do Legislativo da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). Os estudantes imergiram, por três semanas, nas atividades parlamentares, vivenciando as práticas do Legislativo e em visitas a órgãos públicos parceiros da Casa Napoleão Laureano. Ao final desse processo, eles têm a oportunidade de sugerir melhorias para a cidade, que poderão se tornar lei.

“É um momento de avaliação do trabalho que os aprendizes desenvolveram. Cada um compartilha sua experiência e fala sobre os projetos em que se envolveram, os estudos realizados e as atividades dentro dos gabinetes. É um contato pessoal. Isso ajuda a não deixar um relatório final sobre a experiência ‘anônimo’, em termos de planilha”, explicou o presidente da Escola do Legislativo, Paulo Eduardo Sá Barreto, afirmando que, com esse retorno, sempre surgem dicas e sugestões que acabam aprimorando o Aprendiz de Vereador.

Um novo olhar sobre a política e seus parlamentares. Isso foi o que o estudante do segundo período de Direito e aprendiz de vereador do gabinete de Eliza Virgínia (Progressistas), Airto do Vale, confirmou ter com a experiência na Câmara. “Conheci de perto o trabalho dos vereadores, desde o processo de elaboração de requerimentos e demais matérias legislativas, como projetos de lei, às atividades em plenário, ou ainda a recepção de cidadãos nos gabinetes e visitas que os parlamentares realizam fora da CMJP”, relatou o universitário, afirmando que os assuntos vivenciados dialogam com as matérias do seu curso, na Faculdade Três Marias (FTM).

Visita ao MPPB

Na tarde desta terça-feira (3), os aprendizes de vereador encerraram o ciclo de visitas deste semestre a órgãos parceiros da CMJP, como o TRE-PB e o TCE-PB, conhecendo o Ministério Público da Paraíba (MPPB). Na ocasião, os universitários conheceram a estrutura do órgão e de sua Ouvidoria, além de terem participado de palestras.

“Chegamos até a sala maior do MPPB, e fomos recebidos pelo procurador-geral de Justiça da Paraíba, Francisco Seráphico. Entre as exposições, o promotor Antônio Hortêncio Rocha deu um panorama de todas as atribuições do Ministério Público, mostrando as diversas atuações das Promotorias e respondendo questionamentos. Já o coordenador do Núcleo de Políticas Públicas do MPPB, procurador Valberto Lira, apresentou projetos do órgão. Inclusive, alguns são desenvolvidos em parceria com a CMJP, como as campanhas ‘Não é não, também no São João’ e ‘Nenhuma a menos, Paraíba!’”, contou Paulo Eduardo.

“Vi como o MPPB é acessível à população e como nós cidadãos podemos recorrer à entidade, em toda a Paraíba e em diversas instâncias, como na área da família, do consumidor, saúde, meio ambiente, entre outras. Aprendi bastante sobre o funcionamento do órgão e achei interessante seu trabalho de fiscalização e resposta à sociedade”, avaliou a visita, Airto do Vale.

Site Footer

Sliding Sidebar