Comissão Provisória do PSB da Paraíba é registrada na Justiça Eleitoral, mesmo com quatro recusas

O PSB Nacional registrou ontem os sete nomes de componentes da comissão provisória do partido na Paraíba. O estranho é que destes, quatro já disseram que não aceitam fazer parte da comissão: o governador João Azevedo (incluído como vice-presidente); o senador Veneziano Vital do Rêgo (primeiro secretário); além de Valquíria Alencar e Edvaldo Rosas (secretários especiais). A vigência dos mandatos vai até 08/01/2020.

Indagada sobre o que aconteceria depois que a maioria dos integrantes da comissão provisória não aceitou participar, a direção nacional do partido disse que “caso alguém não queira formar parte da comissão precisa formalizar a sua renúncia à Direção Nacional, já que foram nomeados para integrar o colegiado. Quando – e se – o fizerem, o partido definirá as providências a serem tomadas”.

Na carta encaminhada por João Azevedo e mais 24 aliados ao presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira na última segunda-feira, já havia a informação de que o grupo não tinha interesse de participar de uma eventual comissão provisória.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Site Footer

Sliding Sidebar