COP 28: Cícero Lucena apresenta soluções da Prefeitura para questões de meio ambiente e sustentabilidade na Capital


O prefeito Cícero Lucena apresentou, nesta quarta-feira (6), na COP 28 – Conferência de Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (ONU), em Dubai, nos Emirados Árabes, algumas das soluções que a Prefeitura de João Pessoa está dando para questões de meio ambiente e sustentabilidade na Capital, com políticas e projetos alinhados com o desenvolvimento social e econômico.

O gestor palestrou no fórum ‘Transparência: desafios e conexões para a implementação da adaptação às mudanças climáticas’, onde falou da construção de parques lineares na cidade em áreas antes subutilizadas. Elencou o Parque da Cidade, no Aeroclube, das Três Ruas, nos Bancários, na Avenida Hilton Souto Maior, Valentina e, mais recente, no antigo lixão do Roger, que 20 anos depois recebeu autorização das obras para ser devolvido à população como uma imensa área de lazer e convivência, com o solo recuperado da degradação.

“Nós tiramos 178 famílias que sobreviviam de forma desumana no lixão, disputando alimento com os animais. O Parque da Cidade, que era terreno estéreo por conta da aviação e que nós estamos recuperando todinho, são mais de 20 hectares. Fora os parques lineares que estamos fazendo em parceria com o Governo do Estado. Ou seja, a Prefeitura vai atingir, em parque, cerca de um milhão de metros quadrados dentro da cidade de João Pessoa, fora a Mata do Buraquinho, que são 550 hectares devidamente preservados”, afirmou o prefeito.

Sustentabilidade – O gestor também adiantou que na próxima semana estará autorizando a substituição de toda a iluminação publica por lâmpadas de LED – cerca de 60 mil unidades – mais eficientes, duráveis e com menor impacto ao meio ambiente. Além da substituição de carros da frota de veículos da Prefeitura por automóveis elétricos, que estarão sendo adquiridos. Ainda na área de transporte, o prefeito lembrou que João Pessoa está avançando com a aquisição de ônibus menos poluentes e confortáveis para os usuários – cerca de 60 já foram adquiridos.

Proteção e desenvolvimento – Em outra área – a de habilitação social – com desafio de retirar famílias das áreas de risco e de ocupação irregular, a Prefeitura de João Pessoa acabou de receber, do Governo Federal, a aprovação de 12 projetos para a construção de 12 novos conjuntos habitacionais, que vão contemplar as famílias que estão inseridas nesse contexto. Também realiza a Compra Assistida, onde as famílias já assistidas pelo aluguel social estão podendo receber um imóvel em lugar seguro, no valor de até R$ 115 mil.

Ainda na habitação, Cícero Lucena lembrou que a gestão municipal acabou de ser premiada com o primeiro Residencial Quilombola da Capital, que está sendo construído com recursos próprios para atender 80 famílias de Paratibe, com o programa de qualificação de mão de obra da mulher na construção civil.

Outros desafios – O compromisso com o meio ambiente e a sustentabilidade também está presente na retirada do papel para a realização de processos administrativos e de atendimento a população da Capital, responsável pela economia de R$ 15 milhões e menos impacto a natureza.

Já na área de urbanização, onde a Prefeitura de João Pessoa realiza o maior programa de pavimentação da história da Capital, a gestão planta árvore onde o morador da rua beneficiada desejar adotar uma.

Prefeito Cícero Lucena abre Festival do Milho da Cecaf e consumidor pode encontrar produto mais barato

Paraíba tem 630.790 casos confirmados de coronavirus; 38% de leitos de UTI adulto estão ocupados em todo estado

PORQUE HOJE É SÁBADO

Site Footer

Sliding Sidebar

O Fuxiqueiro – Todos os direitos reservados.