Governo da Paraíba antecipa férias escolares e suspende atendimento ao publico nas repartições estaduais

O governador João Azevêdo anunciou nesta terça-feira (17) uma série de novas medidas para conter a disseminação do coronavírus na Paraíba. Entre elas a antecipação das férias escolares de toda rede pública de ensino a partir desta sexta, 19 de março, até 18 de abril de 2020.

Por meio de normativa, o governo estabelece também que pessoas com febre, coriza e febre devem permanecer em casa. Quem apresentar falta de ar deve procurar as unidades de saúde;

Redução de visitas hospitalares;

Suspensão do atendimento ao público externo nas repartições públicas, priorizando o atendimento virtual.

Servidores do estado maiores de 60 anos deverão executar suas atividades em casa (home office).

Servidores cumprirão seu trabalho em dias alternados, devendo permanecer no horário de expediente, em suas residências, exceto servidores da Saúde e Segurança Pública.

Não realização de atividades promovidas pelo governo do estado que envolvam aglomerações de pessoas.

Suspensão de viagens de servidores estaduais para fora do estado.

Quarentena para viajantes nacionais do Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Bahia e Pernambuco, por um período de 14 dias, quando ficarão em observação.

“Precisamos da colaboração de toda população para entender a necessidade do isolamento social , para evitar a contaminação. O objetivo é fazer com que o dano seja o menor possível. As medidas podem parecer duras, mas são necessárias. A unica forma identificada até agora para que a gente possa enfrentar de uma maneira que traga menos prejuízos à sociedade é exatamente evitar que essa contaminação aconteça de forma rápida, que extrapole a nossa capacidade de saúde. Os países que não tomaram medidas para evitar que essa contaminação ocorresse de forma gradual estão enfrentando problemas. as medidas precisam ser adotadas”, disse o governador.

As decisões fazem parte das novas medidas anunciadas hoje para conter a disseminação do coronavírus no estado.

O anúncio foi feito durante coletiva realizada no Espaço Cultural José Lins do Rego.

Na última semana, o chefe do Executivo estadual decretou situação de emergência em saúde pública em virtude da epidemia da Covid-19 no Brasil com potenciais repercussões na Paraíba e anunciou a criação do Comitê de Gestão de Crise, responsável pelo estudo de medidas de enfrentamento ao vírus.

Além disso, foi proibida a viagem a serviço de servidores públicos estaduais para fora da Paraíba, suspensas as plenárias do Orçamento Democrático e adiadas as agendas de inaugurações e assinaturas de ordens de serviço.

Casos investigados
Atualmente 48 casos suspeitos de coronavírus estão sendo investigados na Paraíba, conforme dados divulgados hoje pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

A Paraiba descartou mais um caso suspeito de Coronavírus, somando 16 descartados até agora. Nenhum caso foi confirmado no estado.

Site Footer

Sliding Sidebar