Justiça arquiva mais uma falsa denúncia feita por Laura Berquó, desta vez contra Tião Lucena e Thiago Braga

A juíza Higyna Josita Simões de Almeida, da segunda vara criminal da comarca de João Pessoa, decidiu, a pedido do Ministério Público da Paraíba, arquivar um inquérito para investigar denúncia feita pela advogada Laura Berquó.

De acordo com os autos, a advogada acusou Tião Lucena e Thiago Braga de, através dos seus blogs, terem vazados correspondência eletrônicas pessoais.

Os ataques, segundo Laura Berquó teriam começado em 2013, quando a mesma teria assumido a função de Conselheira Estadual de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional da Paraíba. A advogada argumenta, mas não apresenta provas, de que os ataques feitos a ela teriam sido “patrocinados” pelo Governo do Estado.

A magistrada argumentou que “não há indícios da autoria em crime” e determinou o arquivamento.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Site Footer

Sliding Sidebar