MORTA E SEPULTADA PELO SUS: Gleisi Hoffmann tenta provar que está viva para tomar vacina

A presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, tenta provar que está viva para poder tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Em junho, a deputada foi a uma unidade do SUS em Brasília e conseguiu ser imunizada. Logo depois, porém, profissionais da saúde entraram em contato dizendo que o cadastro dela tinha sofrido uma baixa por óbito. Os documentos foram checados —e eram, de fato, de Gleisi, que está viva.

Pior: ao lado do nome completo constava um suposto apelido da petista: “Bolsonaro”.

Sob ataque
Ela consultou o deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP), que já foi ministro da Saúde, e ele recordou que o sistema da pasta sofreu um ataque de hackers no ano passado —e que por isso Gleisi aparece como morta. Na ocasião, Padilha acionou o Tribunal de Contas da União pedindo análise sobre a segurança digital do ministério. Gleisi agora enfrenta um trâmite burocrático para reativar seu cadastro.

 

Desoneração deve ser sancionada até 7 de janeiro, diz Efraim Filho

Cortes na educação básica podem ‘devastar’ programas nos municípios, segundo o presidente da Famup

João Azevêdo oficializa proposta de 31,02% como reajuste para o piso do magistério e pagamento do 1/3 de férias em Janeiro

Site Footer

Sliding Sidebar

O Fuxiqueiro – Todos os direitos reservados.