PORQUE HOJE É SÁBADO

1 – O deboche tomou conta do país. Viram o ministro da pesca? Para agradar ao presidente, o engraçadinho disse que os peixes não se sujam de óleo. Falou isso para tranquilizar a população medrosa de comer peixe contaminado pelo piche que invadiu o mar. Ele disse que os cardumes cortam o caminho quando avistam a mancha preta. Só esqueceu de avisar às tartarugas e golfinhos que morreram intoxicados. Que cabra mais sem futuro!

2 – Como eu disse, em Princesa a guerra está conflagrada. De um lado, os Moura mandando invadir a Câmara. Do outro, a Câmara querendo instalar processo contra o Moura candidato, acusado pelo TCE de ter quatro empregos ao mesmo tempo, além do emprego de vereador. Quem vai ganhar a guerra eu não sei, nem a mulher de Seu Raimundo sabe. Mas que está feia a coisa, está. Ah no tempo do velho Zé Pereira!

3 – O médico me deu um castigo: 60 dias sem comer cuscuz, rabada, picado, porco, boi gordo, pimenta e tripa. Só não proibiu de comer priquito, mas isso eu não como mais por culpa da idade. Além disso, nada de tomar umazinha, nem que seja para abrir o apetite. Regime rigoroso para curar uma esofagite e uma gastrite moderada. Mas eu aguento.

4 – Começou em Mamanguape, continuou em Monteiro e nessa pisada, não duvido nada que se torne uma epidemia igual a música da caneta azul. Falo, claro, das Câmaras Municipais. Os vereadores trocaram a argumentação pelo tabefe e estão transformando os plenários em ringues de luta livre.

5 – Tem deputado com ciume daquele risonho. É que, antes, eles podiam chegar perto do chefe para as fotografias, mas agora o risonho se espragata nas imediações e só ele sai nas fotos.

6 – E a promotora fã de Bolsonaro pediu para deixar o caso Marielle . Fez certo. A partir da descoberta de sua predileção política, ficava difícil acreditar na sua isenção como representante do Ministério Público.

7 – O ministro relator da Calvário disse que prender alguém para obter delação premiada é tortura. Entonce, tá.

8 – Estive ontem na Feira da Torre. A sujeira campeia, o grude está em toda parte, tudo fede e nada cheira. Isso é ruim, isso é péssimo, espanta o cliente e prejudica, por exemplo, os vendedores de cuscuz com carne de bode, já que quem tem estômago fraco não se atreve a degustar pratos indigestos.

9 – E Mourão desistiu de vir à Paraíba. Uma pena. A festa ia ser grande. E eu tenho uma amiga que é doida pra conhecê-lo. Ficou pra janeiro, depois do natal e ano novo. Tomara que até lá chova. Aí não vai ser preciso mais mendigar pelas águas do São Francisco.

10 – Esse Alexandre Frota é um perigo. Todo mundo quer dar a ele! Viuge! Esse negócio de transar com Frota é muito perigoso. Sai pra lá, Vardemar! Quando ele vier aqui, não saio de casa. Sou doido não. E se sair, saio esfregando o cu no chão ou encostando o fogareiro na parede. Tá doido! Seguro morreu de velho.

11 – E agora lá se vão meus abraços sabadais para Terto Morais,Zé Estima, Fábio Bernardo, Marcus Odilon, Gilvan Navarro, Arlindo Monteiro, Ivan Modesto, Poliana Lima, Teócrito Leal, Geraldo Navarro, Reginaldo Pereira, Zezinho do Botafogo, Jackson Bandeira, Nakamura Black, Cardivando de Oliveira, Luiz Queiroz, Camilo Macedo, Zé Fernandes e Zé Iran.

12 – Inaugurando obras em Antenor Navarro – que depois mudou o nome para São José de Piranhas , o governador Pedro Gondim hospedou-se na casa do Major Jacob Frantz, chefe político local. Fazia um calor da mulesta dos cachorros e Pedro pediu água para beber. O Major Jacob Frantz, feliz por inaugurar seu refrigerador novo (naquela época e lugar ter refrigerador era “status”), serviu pessoalmente o governador, que ao tomar o primeiro gole elogiou:

– Major, amigo, mas que água potável!

Sentindo-se ofendido, o Major protestou:

– Potável coisa nenhuma, governador, é água de geladeira mesmo e da marca Kelvineitor!

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Site Footer

Sliding Sidebar