Projeto de dança em Conde fortalece o comércio, estimula autoestima e integra mulheres das comunidades

A implantação pela Prefeitura de Conde de um projeto de dança para mulheres com foco no estilo zumba está impactando positivamente o comércio local de roupas. Atualmente, 170 mulheres moradoras do município estão integradas às aulas de zumba, iniciativa da Secretaria de Trabalho e Ação Social através do serviço PAIF – Proteção e Atendimento Integral à Família coordenado pelo CRAS – Centro de Referência da Assistência Social.

O programa é direcionado às pessoas em situação de vulnerabilidade, e no município de Conde, além de resgatar a autoestima das mulheres e integrar as comunidades, contribui para expandir a venda do comércio de roupas apropriadas às atividades esportivas. Quem informou sobre a mudança no comércio de roupas foi o zin (zumba instrutor) Magno Ribeiro. Ele conta que com frequência ouvia das alunas de dança depoimentos sobre a dificuldade para encontrar roupas adequadas: “Tive a ideia de procurar algumas lojas e falar do problema enfrentado por elas. Um desses estabelecimentos decidiu apostar no vestuário e o que aconteceu foi uma verdadeira explosão de vendas. Agora, semanalmente, a oferta está se renovando”, informou o instrutor de dança da Prefeitura.

A prefeita Márcia Lucena, uma das maiores incentivadoras da prática de dança para as mulheres das comunidades e dos assentamentos, comentou que “tenho certeza que esse projeto abre muitas portas e oportunidades, e essa resposta do comércio mostra que estamos certas ao incentivar práticas que realmente mobilizam a comunidade, e isso tem efeito positivo sobre vários setores, como nesse caso da venda das roupas”.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Site Footer

Sliding Sidebar