Ricardo Coutinho diz que objetivo de Bolsonaro é provocar explosão social no Brasil para decretar estado de sítio

O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) acusou nesta quarta-feira, 25, o presidente Jair Bolsonaro de estar trabalhando no sentido de provocar uma explosão social por conta da pandemia de coronavírus para poder decretar estado de sítio. “Existe um roteiro sendo cumprido por Bolsonaro. O presidente quer uma comoção, uma explosão social para poder decretar estado de sítio”, disse Ricardo em uma live transmitida no início da noite de ontem  no Instagram.

O socialista acrescentou ser preciso que a sociedade e entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e mesmo a Justiça percebam uma estratégia nos atos do presidente. “ É um lado tenebroso, onde se busca navegar por águas turvas para fazer com que o governo se torne autoritário. Bolsonaro é incompatível com a democracia”, declarou o ex-governador. Espero que as instituições públicas percebam a gravidade do que está acontecendo”, frisou.

Em outro trecho da transmissão, Ricardo disse ter ficado profundamente preocupado com o pronunciamento de Jair Bolsonaro. “É de uma irresponsabilidade terrível”, disse, opinando que o isolamento social é essencial para evitar que o pico de contaminação provoque caos na rede de saúde. “O adversário da economia é a virose, a pandemia. Não é o isolamento social. Quem faz um pronunciamento desses, desdenha de uma pandemia, deixa as pessoas entregues ao próprio destino”.

Ricardo Coutinho ainda comentou que o atual momento requer que a Nação se una para salvar os cidadãos e cidadãs.

Em um estado de sítio, que precisa ser aprovado pelo Legislativo, são suspensas garantias constitucionais, como sigilo de comunicações, liberdade de imprensa e liberdade de reunião.

Site Footer

Sliding Sidebar