SABADINHO BOM: Evento comemora Dia do Choro com Gilvando Azeitona e homenageia Glauco Andreza


O Sabadinho Bom deste final de semana acontece na véspera do Dia Nacional do Choro, comemorado em 23 de abril. O evento, realizado pela Prefeitura de João Pessoa por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), tem como cenário a Praça Rio Branco, no Centro Histórico, e traz como atração o músico Gilvando Azeitona. Marcado para meio-dia, o encontro promete muito choro e samba para animar o público.

“O Sabadinho Bom é um orgulho para a cidade de João Pessoa, porque nós conseguimos manter uma atração cultural de qualidade e uma festa acessível ao público, com música boa e diversão. Ao mesmo tempo, promove uma geração de emprego e renda para pequenos comerciantes do entorno do Centro Histórico. Para nós, isso é muito importante”, declarou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

O mesmo sentimento é compartilhado pelo artista Gilvando Azeitona. “Eu me apresento no Sabadinho Bom desde a primeira edição e sempre é uma nova experiência. Estamos com a mesma banda, mas com um repertório diferenciado e o público é outro. Essa troca de contato é muito gratificante e o retorno que temos é muito bom. Para mim, é uma alegria me apresentar nesse projeto maravilhoso que incentiva os músicos da Paraíba, cantores de samba raiz. É muito satisfatório participar”, elogiou o músico.

O repertório deste sábado (22) inclui chorinho, choro de gafieira, samba-canção, toda influência do choro, além de bossa nova e forró. “Hoje a música está além das fronteiras. Definimos um gênero como choro, mas tocamos toda a disseminação que a música nos favorece. Vai ser muita música boa”, disse.

Uma das canções que Gilvando destaca é Gafieira no Bar do Peixe, dedicada para ele pelo compositor Clênio Barros. Também ressalta a música Daga, do compositor paraibano Antônio Benedito, pai do professor Sandoval Moreno, que é trombonista. E ainda uma das músicas emblemáticas do choro, Na Glória, no som de Raul de Barros, trombonista que transformou o instrumento em protagonista nos grandes palcos da vida.

“A minha expectativa é das melhores, até porque vamos nos apresentar na véspera do Dia do Choro. É mais uma alegria fazer esse show comemorando o aniversário do chorinho, música genuinamente brasileira. Espero que todos venham contemplar o show e gostem de ouvir a boa música”, disse o músico que conta com o acompanhamento de Sérgio Gallo, no contrabaixo; Igo Wendel, no teclado; Fabiane Fernandes, no cavaquinho; Otacílio Feitosa, na percussão; e Gilson Machado, na bateria.

O evento ainda fará uma homenagem ao músico Glauco Andreza. “Vamos fazer uma homenagem ao nosso grande amigo, irmão, que se foi há poucos dias, o querido baterista Glauco Andreza, que deixou um legado da sua arte maravilhosa como baterista e músico, camerista impecável. Sempre toquei com ele, que foi um grande parceiro na música na Metalúrgica Felipéia, no Quarteto de Trombones da Paraíba, enfim. Este vai ser o primeiro Sabadinho Bom em que toco sem ele”, lamentou.

Gilvando Azeitona ressaltou que o evento contempla, principalmente, os músicos da Paraíba que estão no anonimato e têm a oportunidade de apresentar seus trabalhos. Ele considera essa oportunidade gratificante tanto para os mais conhecidos como para os que não são tão vistos no cenário musical paraibano e nacional.

“É um projeto que tem essa abertura e contribuição para os músicos paraibanos. Deixo aqui meus parabéns aos incentivadores e agradeço demais pelo convite nesse dia tão especial. Aproveito para deixar um convite a todos para comparecer ao Sabadinho e fazermos uma grande festa do Dia do Choro. Vai ser uma festa e uma alegria”, completou.

Confirmados 301 casos de coronavírus na Paraíba, com 39 mortes

Paraíba tem 3.555 casos de Covid-19 neste domingo e ocupação de UTIs na região metropolitana de João Pessoa chega a 54%

STJ manda para o ‘beleléo’ cautelar que obrigava Ricardo Coutinho a se recolher à noite

Site Footer

Sliding Sidebar

O Fuxiqueiro – Todos os direitos reservados.