ALPB encerra ano legislativo com aumento de mais de 450 por cento na produção de matérias

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) encerrou, nesta terça-feira (17), o 1º ano da 19ª Legislatura com um número recorde de produção de matérias. Entre requerimentos, projetos de Lei, projetos de Resolução, vetos e Medidas Provisórias, a Casa de Epitácio Pessoa apreciou 10.889, um aumento de 452% na produção em relação ao ano de 2018.

Em 2019, a ALPB superou em mais de 100% a maior produção já registrada na história da Casa, que foi no ano de 2015, quando também era presidida pelo deputado Adriano Galdino, e produziu 5.330 textos. De acordo com o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), só a produção de projetos de Lei superou os números registrados nos anos de 2017 e 2018 juntos. Nesse período, a Assembleia produziu o total de 889 PL’s. Já em 2019, esse número foi de 1416.

O presidente Adriano Galdino pontuou que nunca houve tamanha produção do parlamento paraibano e isso se deve, principalmente, ao compromisso de todos os deputados com o povo paraibano.

deputados“A produção dos deputados se aproximou de 11 mil proposituras, é uma produção altíssima, que supera os números somados dos últimos dois anos. Eu agradeço aos parlamentares por esse empenho e por essa vontade de construir a cada dia uma Paraíba melhor e mais justa para todos”, comemorou Galdino.

Galdino parabenizou não só os parlamentares pelo empenho, mas também o compromisso e a responsabilidade dos servidores da Casa. De acordo com o presidente, a agilidade dos profissionais e o dinamismo do trabalho administrativo são fundamentais para que no intervalo mais curto de tempo, os textos estejam aptos para apreciação em plenário.

“É um número recorde e isso se deve a capacidade de trabalho de todos, não só dos deputados. É graças a esse empenho que as matérias são recebidas pela Secretaria Legislativa, passam pelas comissões e chegam para apreciação em plenário em um curto espaço de tempo”, explicou o presidente.

De acordo com o Regimento Interno da Assembleia, após o inicio do recesso nessa terça-feira (17), os deputados retornam às atividades na sede do Legislativo em fevereiro de 2020.

Site Footer

Sliding Sidebar