João diz que Estados devem ser incluídos na reforma da previdência, mas que alguns pontos precisam ser revistos

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), comentou os dados divulgados pelo Governo Federal a respeito da economia gerada pela Reforma da Previdência e alegou que há muitos pontos que precisam ser revisados, além de não tratar do déficit atual.

“A reforma precisa ser revista de forma mais ampla, não é só o que vai acontecer no futuro, temos que ter consciência do déficit atual e a proposta não trata disso. Da forma como está sendo posta vai começar a ter efeito daqui há 10 anos”, disse.

Para João, há pontos que precisam ser negociados: “com a capitalização pura e simples não concordamos; o trabalhador rural ser tratado como o urbano também não e tirar a previdência da Constituição não é seguro. Esperamos que esses pontos sejam revistos”, afirmou.

Porém, o governador alegou que acredita que os estados devem sim estar na reforma, senão haverá uma previdência diferente para cada estado, além disso, poucas alterações vão ocorrer já que já existem sistemas semelhantes e acrescentou que as mudanças maiores serão nos municípios.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Site Footer

Sliding Sidebar