Justiça Federal autoriza transferência de Lula para São Paulo

A juíza Carolina Lebbos autorizou transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está detido na carceragem a Polícia Federal (PF), em Curitiba, para um estabelecimento prisional de São Paulo. A decisão foi publicada no sistema da Justiça Federal do Paraná às 8h46 desta quarta-feira (7).

Confira a decisão

Até o momento não há definição de data para a transferência de Lula. De acordo com a decisão da juíza, como ela não possui ingerência sobre os estabelecimentos localizados em São Paulo, caberá ao Juízo de Execução Penal a decisão sobre o local em que Lula permanecerá preso.

A própria superintendência Regional da Polícia Federal no Paraná foi quem pediu a transferência. O ex-presidente está detido no local desde abril de 2018 onde cumpre pena de 12 anos e 1 mês de prisão pela condenação na Lava Jato no caso do triplex em Guarujá (SP).

A Polícia Federal do Paraná alega que, por conta da prisão de Lula, os órgãos de segurança têm de atuar de forma permanente para evitar confrontos entre “grupos antagônicos” e que toda a região teve a rotina alterada. O órgão diz que ainda que as instalações são limitadas para presos de longa permanência. A estrutura da carceragem seria destinada apenas ao acolhimento de presos provisórios ou em decorrência de medidas cautelares. Além disso, sustentou que a presença de Lula no local compromete parte relevante do efetivo da Polícia Federal em Curitiba.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Site Footer

Sliding Sidebar